Chefs Agency apresenta o “P.L.A.C.E”, um serviço diferenciador de refeições, elaboradas por chefs de renome

“People Love a Cool Experience”. Certo? Certo. Então a Chefs Agency apresenta

o “P.L.A.C.E”, um serviço diferenciador de refeições, elaboradas por chefs de renome, que pode ser complementado com uma actuação artística ou ‘storytelling’ de vinhos.

Qual o sítio (PLACE) ideal para um convívio memorável, um almoço ou um jantar, uma festa de aniversário entre amigos? Pode escolher. Pode dizer-nos se quer um piquenique na praia, um lanche no jardim de casa, um almoço romântico no campo ou numa falésia com vista de cortar a respiração. Do “resto” – o serviço assinado por chefs de renome, a perfeita harmonização com vinhos nacionais, a “mise en PLACE”, os detalhes que fazem a diferença e tornam cada momento das nossas vidas memorável -, disso trata o P.L.A.C.E, acrónimo para “People Love a Cool Experience”. 

Para que nada falhe neste “P.L.A.C.E.”  a experiência e a rede de contactos de chefs nacionais da Chefs Agency une-se à Martins Wine Advisor na vertente vínica e à Blue Collective para a componente cultural e artística de cada ação.

O P.L.A.C.E surge como uma unidade de negócio da Chefs Agency, com uma equipa independente e especializada nestes serviços. O conceito surge de uma evolução do serviço de Catering de Assinatura que a empresa desenvolvia nos últimos quatro anos, envolvendo os chefs com quem trabalhamos a nível nacional, mas adaptado às circunstâncias atuais, “ao novo normal” e às necessidades que com ele vieram. Os parceiros selecionados na área vínica e na área cultural foram decisivos para a valorização do serviço que apresentamos ao mercado” esclarece Patrícia Dias, diretora da Chefs Agency.

Preparadas de acordo com as mais estritas regras de higiene e segurança, as refeições desenvolvidas à medida de cada pedido poderão incluir a presença do chef que as concebeu, caso seja esse o desejo do anfitrião. Este serviço conta com nomes que dispensam apresentações chef Miguel Laffan, que conquistou a primeira Estrela Michelin no Alentejo, no L’And Vineyards; Vítor Sobral, do Grupo Quina, um dos chefs mais experientes e conhecedores da gastronomia portuguesa; Henrique Sá Pessoa, detentor de duas estrelas Michelin no restaurante Alma; Tiago Bonito, chef com uma estrela Michelin no Largo do Paço, em Amarante; Benoît Sinthon, chef do Il Gallo d’ Oro, na Madeira, com duas estrelas Michelin, que irão abrilhantar a sua celebração.

De norte a Sul de Portugal, como nas ilhas, com 48 horas de antecedência, a sua festa ou ocasião especial pode ganhar forma com a mais surpreendente e saborosa assinatura à mesa. As ementas são personalizadas, conforme o briefing do cliente.

O P.L.A.C.E inclui outros complementos de serviço que acrescentam valor a esta proposta gastronómica. Adicione ao seu almoço ou jantar uma atuação artística, onde a parceria com a Blue Collective permite-nos levar à sua casa, ao seu jardim ou ao espaço que desejar ‘live performances’ artísticas ou até mesmo o detalhe temático que elevarão o seu convívio a um outro patamar.

No verão, estão previstos mini-eventos ao ar livre, em conformidade com as regras de segurança actuais, para um número máximo de 10 convidados. Pode colocar já o GPS nas direções de Sintra, Marvila, Malveira e Coruche, nos locais com concessão própria onde o P.L.AC.E. vai ser apresentado.

Os amantes do vinho podem ainda adicionar o serviço personalizado para cada ocasião, com a possibilidade de realizar jantares comentados com a harmonização de vinhos, a cargo da Martins Wine Advisor, onde Cláudio Martins, que acumulou ‘know-how’ ao longo dos anos a construir as adegas mais excêntricas pelo mundo inteiro, tem ao seu lado o experiente ‘sommelier’ Rodolfo Tristão, que esteve durante anos à frente da cave de vinhos do restaurante Belcanto (2 estrelas Michelin),

Este serviço surge numa fase onde é tão mais importante viver em plenitude os momentos de convívio. Vamos voltar a socializar, moderadamente e em segurança, mas com a melhor das experiências, em momentos memoráveis!

P.L.A.C.E – “People Love a Cool Experience”. Certo?  

VINUM: refeições ao ar livre com vista para o rio Douro

Gastronomia, vinho…e segurança redobrada. Assim se complementa o serviço do VINUM Restaurant & Wine Bar na sua reabertura. A partir da próxima segunda-feira, 25 de maio, será possível desfrutar da espaçosa sala do restaurante, mas também de refeições servidas no generoso terraço com vista para as margens das cidades do Porto e de Vila Nova de Gaia. Durante a próxima semana, todos os visitantes serão recebidos com um Porto Tónico e um aperitivo de oferta.

Cruzar as portas do VINUM Restaurant & Wine Bar sempre foi sinónimo de chegar a um local de tranquilidade e conforto, trazidos pelos sabores, pela paisagem e pelo espaço. Esse conforto foi agora adaptado aos novos tempos e reforçado, já que o emblemático restaurante de Vila Nova de Gaia implementou todas as necessárias medidas de segurança indicadas pela Direção-Geral da Saúde.

A partir da próxima segunda-feira, dia 25 de maio, todo o serviço do restaurante passará a estar disponível também no terraço, uma verdadeira varanda de luxo com vista para o rio Douro. A vegetação envolvente completa o cenário para desfrutar, sem preocupações, das longas tardes de primavera e verão. Também o horário será estendido, para garantir maior flexibilidade aos visitantes: a cozinha passará a funcionar, sem interrupções, entre as 12h00 e as 23h00.

As amplas salas interiores vão manter o normal funcionamento, ainda que com lotação reduzida e mesas dispostas a uma distância mínima de segurança de dois metros : por um lado, a Sala Principal, envolvida pelo universo do vinho do Porto de onde é possível testemunhar o envelhecimento de cerca de 3200 pipas das Caves Graham’s e, por outro lado, o Atrium, um espaço íntimo rodeado por generosas janelas com vista para a Ponte D. Luís I.

O menu vai poder ser consultado através de um QR Code para garantir o conforto e bem-estar de staff e clientes. Já o conteúdo vai manter-se, com o produto local a continuar a brilhar nas novas propostas gastronómicas da estação, desenhadas pelo Chefe Francisco Miranda. Os clássicos estarão igualmente em destaque para quem não consegue mais manter a distância do famoso Costeletão de Vaca Velha de Trás-os-Montes ou do peixe fresco do Mercado de Matosinhos.

O VINUM Restaurant & Wine Bar vai funcionar de segunda-feira a domingo. A reserva é altamente recomendada e pode ser feita através do 220 930 417 ou reservas@vinumatgrahams.com.

Website : VINUM Restaurant & Wine Bar

ADEGA DE PALMELA LANÇA LOJA ONLINE COM CAMPANHA NOS VINHOS VILLA PALMA DE EDIÇÃO LIMITADA

Villa Palma, Edição Limitada, apresenta-se como destaque online da marca que tem como premissa “Mais que fazer vinhos, fazer história”

A Adega de Palmela, da Região da Península de Setúbal, apresenta o lançamento da Loja Online com novidades e produtos, disponíveis para venda.

Ao longo dos últimos anos, a marca de vinhos que tem como premissa “Mais que fazer vinhos, fazer história”, tem vindo a apostar na tecnologia pela necessidade de se aproximar dos seus clientes. Considerando a conjuntura atual que se vive, em consequência da pandemia Covid-19, a Adega de Palmela renovou de forma segura e simples a compra online dos seus produtos através da consulta interativa do catálogo com serviço de entrega em Portugal Continental.

No lançamento da loja online, o vinho Villa Palma Tinto, Tinto Castelão e Tinto Syrah, Edição Limitada (75cl), encontra-se com uma campanha especial até 30 de junho. Apresenta uma cor granada intenso, aroma a frutos silvestres maduros, compota, complexadas com notas de madeira nova e de sabor macio, com boa estrutura e taninos aveludados, terminando com um final de boca prolongado com sugestões de baunilha, café e algumas notas de chocolate. Ideal para acompanhar com pratos de carne grelhada, caça e queijos de ovelha curado, no preço de 4,19€.

Vinhos Regionais, D.O.C., Licorosos e Aguardentes e os Bombons de Aguardante de Villa Palma são alguns dos produtos repletos de cor, aroma e paladar que pode descobrir ao visitar a nova loja online da Adega de Palmela.

Website : Adega de Palmela

Website : Loja Online

Quinta do Crasto: um reencontro privado com o Douro

O enoturismo da Quinta do Crasto reabre já no próximo dia 1 de Junho. Aos clássicos passeios a pé pela vinha ou refeições privadas no terraço, juntam-se renovados programas para desfrutar, com todo o conforto e segurança, da essência da região Douro.

Após um longo e necessário período de confinamento, a Quinta do Crasto, localizada em Sabrosa, no Douro, reabre as suas portas já no início do próximo mês. Todas as normas de higiene e segurança estão a ser cumpridas de forma rigorosa, de acordo com as indicações da Direção Geral da Saúde e do selo “Clean & Safe” do Turismo de Portugal.

A privacidade e exclusividade vão manter-se como palavras de ordem na Quinta do Crasto, onde sempre se privilegiou uma lotação reduzida para garantir uma experiência plena aos seus visitantes. As reservas passarão a ser obrigatórias para evitar cruzamento entre grupos pelas áreas comuns da propriedade, não se abrindo exceções a turistas que estejam apenas de passagem pela região e não tenham feito marcação prévia.

Também a oferta será reforçada para assegurar que nenhuma experiência fique comprometida. Os passeios a pé pela vinha, as viagens na clássica Bedford e as provas de vinhos vão continuar a ser orientados por um especialista da Quinta do Crasto, garantindo-se o devido distanciamento social e obrigatoriedade no uso de equipamento de proteção individual (máscara ou viseira). Estes serão disponibilizados à entrada para quem não os tiver, sendo que serão também criados vários postos de desinfeção de mãos pela Quinta (álcool gel).

No terraço exterior da casa senhorial da Quinta do Crasto vai manter-se o serviço de almoços e jantares. A autenticidade da gastronomia da região e os emblemáticos vinhos da casa prometem compor as mesas viradas estrategicamente para o rio, para uma verdadeira imersão pela imponente paisagem do Douro. No final da refeição é ainda possível visitar a icónica piscina da propriedade, com assinatura do arquiteto Souto Moura, sendo que a sua utilização é condicionada e carece de confirmação por parte da equipa local.

Para Andreia Freitas, responsável pelo Enoturismo da Quinta do Crasto, esta adaptação à nova realidade “foi um processo relativamente simples para toda a equipa. A nossa filosofia é oferecer uma experiência exclusiva a quem nos visita e isso nunca foi compatível com aglomerados de pessoas. O nosso grande desafio é agora fintar as limitações das máscaras e aprender a sorrir com o olhar para preservar aquilo que sempre nos caracterizou: o saber receber.”

Além dos programas disponíveis da Quinta do Crasto, estão também a ser preparadas várias atividades em sinergia com outros operadores da região, como são exemplo as viagens de barco pelo rio Douro, organizadas em parceria com a empresa Pipadouro. Estes programas, ideais para quem viaja com crianças, podem ser reservados através da Quinta do Crasto.

Para mais informações sobre os programas disponíveis ou reservas, contactar através do e-mail enoturismo@quintadocrasto.pt ou dos contactos telefónicos +351 254 920 020 (telefone) e +351 934 920 024 (telemóvel).

Para saber mais sobre a Quinta do Crasto e os seus vinhos, consultar www.quintadocrasto.pt  ou www.heritagewines.pt

Restaurante Rei dos Leitões reabriu com novidades

Depois de mais de dois meses fechado e acabado de completar 73 anos, o bairradino Rei dos Leitões – restaurante de referência situado no número 17 da Avenida da Restauração, na Mealhada – voltou a abrir as portas ao público. Na verdade, nunca as fechou por completo, porque durante todo este período manteve a actividade em regime de take away e entregas ao domicílio. Foi esta segunda-feira, dia 18 de Maio, o primeiro dia de uma nova etapa, que ficará para sempre marcada pelo antes e depois da pandemia de Covid-19.

A inquietude de António Paulo Rodrigues e resiliência de Licínia Ferreira, proprietários do Rei dos Leitões, são apanágio desta casa. Tendo em conta o contexto actual e as medidas impostas pela Direcção-Geral de Saúde – cumpridas a rigor –, a dupla viu neste o momento mais que perfeito para criar uma nova infraestrutura de apoio ao restaurante. Assim, a entrada no Rei é agora feita por uma espécie de “passadeira vermelha”, feita com calçada à portuguesa e algumas árvores. Uma pequena alameda, com espaços verdes e sombras, que vai permitir optimizar a recepção aos comensais do Rei.

Todas as medidas de segurança estão garantidas e prova disso é a excelente adesão que tiveram nestes dois primeiros dias. Não sentiram insegurança por parte dos clientes, cerca de 60% já habituais e os restantes 40% feitos de novas caras, que na sua maioria quiseram deleitar-se com um belo leitão assado à Bairrada e uma taça de espumante produzido e certificado na região! Chegaram de vários pontos do país, quase sempre com reserva.

O tempo de confinamento permitiu à tripla de chefes Gonçalo Moreira, Luís Apóstolo e José Capela e à chefe pastelaria Lídia Ribeiro criarem novas iguarias que em breve serão apresentadas na carta do Rei dos Leitões. Por agora o tempo é de adaptação e de apostar em sugestões semanais, onde reina a qualidade e frescura dos produtos, vindos dos melhores mercados e lotas do país. A principal preocupação continuará a ser a de levar à mesa o melhor que exista em cada uma das opções, como carnes provenientes de produtores de topo; o mais fresco dos peixes e mariscos, mas também diversidade nos pratos vegetarianos.

O serviço de take away e de entregas ao domicílio vai manter-se, de Norte a Sul do país, com forte aposta no Leitão, mas também no ‘polvo à lagareiro’, ‘bacalhau na brasa’, ‘lasanha de lagosta’, ‘plumas de porco ibérico’, ‘cabrito grelhado’, ‘galo’ ou ‘cabrito assado no forno’.

Website : Rei dos Leitões

CLIMATE TALKS BY PORTO PROTOCOL – Qual o papel da Tecnologia e da Natureza na construção de uma resposta climática no vinho

“CLIMATE TALKS BY PORTO PROTOCOL”

Qual o papel da Tecnologia e da Natureza na construção de uma resposta climática no vinho

Um painel com elevada reputação internacional marca a Climate Talk by Porto Protocol desta quinta-feira, dia 21. Em debate está o papel da tecnologia e da natureza na mitigação das alterações climáticas nas várias fases da cadeia de valor do vinho.

A premência do assunto em debate exige uma resposta à escala global. Por isso mesmo, oradores e moderador da Argentina, Estados Unidos da América, África do Sul e Reino Unido juntam-se na mesma mesa virtual.

Jamie Goode é um reconhecido autor de livros, jornalista e professor de vinhos. Com sede em Londres, conhece e escreve sobre todas as regiões vitivinícolas do globo. No currículo acumula ainda um Doutoramento em Biologia Vegetal. 

Os oradores convidados são:

Ø  Fernando Buscema, da Argentina, é CEO no Catena Institute of Wine, Academia de Research da Catena Zapata, que ganhou o prémio de The World’s Most Admired Wine Brand of 2020.

Ø  Simon Grier, da África do Sul,é conhecido por ser um homem que vive na e para a terra. As suas boas práticas ambientais levaram a que a Villiera Wines seja, hoje em dia, reconhecida como uma das produtoras mais respeitadas em termos ambientais.

Ø  Corey Beck, dos EUA,  tem um percurso notável como enólogo. Atualmente é ainda CEO da Francis Ford Coppola Wines.

As “Climate Talks by Porto Protocol” têm decorrido todas as quintas-feiras, às 17h, no canal de YouTube do Porto Protocol. Os próximos eventos acontecem dias 21 e 28 de maio. Mais informações sobre os painéis e sobre as biografias dos oradores podem ser consultadas aqui: www.portoprotocol.com/climate-talks/.

SOBRE A PORTO PROTOCOL

A Fundação The Porto Protocol é uma instituição corporativa sem fins lucrativos, fundada pela Taylor’s. Conta com centenas de membros, unidos pelo compromisso de dar uma contribuição maior para mitigar as mudanças climáticas.

Nascida na indústria do vinho e espalhada pelas indústrias de toda a sua cadeia de valor, a Porto Protocol foi criada com a forte convicção de que, se partilharmos os sucessos e as experiências, a resposta contra as mudanças climáticas será mais eficaz.

Todos os indivíduos e empresas que desejem a mudança podem beneficiar e igualmente contribuir para esta plataforma aberta e partilhada, que se espera que seja local de inspiração para a mudança, bem como um banco de dados, de recursos e de soluções viáveis.

Os membros da Fundação The Porto Protocol assumem o compromisso de dar uma contribuição maior para combater as mudanças climáticas.

Barros Porto Colheita 1999

Vinho com uma cor castanha, laivos vermelhos e bordo castanho claro, brilhante, límpida, intensidade média (+), nariz limpo sem defeitos, com uma intensidade aromática pronunciada, mel, cera, favo de mel, figo seco, especiarias, cravinho, madeira antiga, mogno, chão encerado, ligeiro verniz, evolui para balsâmico, eucalipto mentol.

Na boca é um vinho doce, com acidez média, álcool alto, muito corpo, estruturado, de intensidade pronunciada, taninos finos, elegante, denso, aveludado, mel, café, muitas especiarias, picante, cravinho, noz-moscada, apimentado, final cheio, de alguma secura, envolvente, muito longo e muita persistência.

É um vinho com um nível de qualidade excelente, intenso, cheio de especiarias, poderoso, de grande intensidade, concentrado, complexo, especiado, balsâmico, que transmite um grande prazer, com um final viciante que anseia pelo próximo copo.


A minha nota pessoal: FB 91

Excelência: 96-100
Excepcional: 90-95
Bom/Muito Bom: 80-89
Mediano: 70-79
Pobre: 60-69
Não aceitável: 50-59


Sogevinus : Barros

Uvawineshop : Barros

Preços : Barros Porto Colheita 1999

%d bloggers like this: