Arquivo de etiquetas: Quinta Dona Matilde

Dona Matilde Vinha dos Calços Largos 2020

Advertisements
Vinhos Dona Matilde. Prova de vinhos no restaurante Pigmeu. © Luisa Ferreira

Um tinto singular de Vinhas Velhas

A novidade chega-nos de Vinhas Velhas do Douro. Dona Matilde Vinha dos Calços Largos desafia convenções e revela-nos a elegância e complexidade do melhor Douro, prescindindo do estágio em madeira.

A nova edição do tinto Dona Matilde Vinha dos Calços Largos revela o intuito experimentalista e inovador que marca a série de vinhos de Vinhas Velhas desta quinta histórica do Douro.

“Somos os primeiros a fazer um vinho de Vinhas Velhas sem madeira no Douro”, sintetiza Filipe Barros, diretor de marketing da Quinta Dona Matilde, lembrando o papel disruptivo que os vinhos de Vinhas Velhas da quinta acabaram por ter: “Queríamos uma abordagem diferente e deixamos acontecer uma vinificação com muita pouca intervenção, evitando, por exemplo, o estágio em madeira, o que é ainda pouco espectável num vinho de muito boa qualidade do Douro”.

Este experimentalismo é, antes de tudo, “expressão do estudo e cuidado minuciosos das vinhas velhas da quinta” e visa a sua valorização, acrescenta João Pissarra: “Para se dar o valor correto a estas vinhas históricas é preciso perceber como se comportam em diferentes anos vitícolas, uns difíceis outros mais fáceis, qual o efeito do tempo e da mistura de castas nos vinhos”. É este trabalho que estamos a fazer”.

Neste sentido, o Dona Matilde Vinha dos Calços Largos 2020 é um vinho com pouca extração, fermentado com leveduras indígenas e estágio em inox, uma opção que assegura a exuberância de aromas, mantendo, a par, grande elegância e complexidade.

Dona Matilde Vinha dos Calços Largos tinto tem duas edições (2017 e 2020) e é a primeira referência da série de vinhos de Vinhas Velhas produzidos por esta quinta histórica do Douro. O Vinha do Pinto 2019 é a segunda referência da série. Foi lançado em 2021 e esgotou passados poucos meses.

Quinta histórica

A Quinta Dona Matilde está entre as mais antigas propriedades da região do Douro, integrando a primeira demarcação ordenada pelo Marquês de Pombal em 1756. Para além de vinhas velhas com idades entre 80 e 90 anos e outras mais recentes, plantadas há três décadas, a Quinta Dona Matilde possui olival, horta, pomar e uma ampla área ocupada vegetação natural, num total de 93 hectares.

Adquirida por Manoel Moreira de Barros em 1927, a Quinta Dona Matilde, pertence atualmente a Manuel ngelo Barros, neto do fundador e ex-administrador do grupo Barros, função que exerceu durante 30 anos.

Para além dos vinhos da série vinhas históricas, Dona Matilde Vinha dos Calços Largos e Dona Matilde Vinha do Pinto, a quinta produz dois brancos e outros dois tintos, todos DOC Douro (colheitas e reservas). O portefólio Dona Matilde inclui vinhos do Porto Colheita tawny e Portos Vintage.

Vinhos em prova

Vinhos Dona Matilde. Prova de vinhos no restaurante Pigmeu. © Luisa Ferreira

Dona Matilde Vinha dos Calços Largos 2020

Produzido a partir de uvas colhidas em vinha velha da Quinta Dona Matilde, com cerca de 80 anos e 30 castas tradicionais do Douro. A apanha das uvas foi feita à mão em caixas de 25 Kg, seguindo-se a pré-seleção dos cachos à entrada da adega. Fermentação com leveduras indígenas e envelhecimento (18 meses) em cuba de inox. De cor rubi forte, apresenta aroma intenso, taninos firmes e elegantes, boa acidez e volume de boca. 14% de teor alcoólico.

Produzidas 4000 garrafas
PVP: 40 euros

Quinta Dona Matilde Porto Colheita 2013

O Vinho do Porto Quinta Dona Matilde Colheita 2013 foi produzido a partir de uvas colhidas nas vinhas de baixa altitude da quinta. Envelheceu em cascos de madeira antigos de 600 litros, armazenados em Vila Nova de Gaia. De cor vermelha granada, este Porto apresenta um conceito novo, pouco comum num tawny, aproximando-se das características de um LBV, com muita fruta e menos oxidação. Segundo engarrafamento em outubro de 2022 de cerca de 1200 garrafas.

PVP: 36 euros


Website: Quinta Dona Matilde

Website: Restaurante Pigmeu