Aquivos por Autor: Francisco Brito

Taylor’s lança Single Harvest Tawny 1896

Advertisements
Taylor’s Single Harvest Tawny 1896

Taylor, Fladgate & Yeatman é uma das primeiras casas de vinho do Porto, estabelecida há mais de três séculos, desde 1692. A empresa é sobretudo reconhecida pelos seus elegantes e longevos vinhos do Porto Vintages, que estão entre os mais procurados e colecionáveis. 

A Taylor’s anuncia o lançamento de um raro vinho do Porto, Single Harvest, produzido na magnífica vindima de 1896, uma das melhores do século 19, a partir das suas extensas e valiosas reservas de vinhos do Porto que envelhecem em madeira nas caves da empresa em Vila Nova de Gaia.

Em raras ocasiões, por escolha da família, estes vinhos têm sido lançados como Edições Limitadas. Chegou agora a vez deste vinho de valor inestimável! No seu 125º ano de envelhecimento em velhos cascos de carvalho, este vinho atingiu uma qualidade mágica, difícil de comparar mesmo com os poucos vinhos de idade semelhante que sobreviveram até aos dias de hoje.

Adrian Bridge, Diretor Geral da Taylor’s comenta: “O lançamento de um vinho tão antigo, valioso e único ocorre apenas algumas vezes numa geração. É pela sua natureza um evento histórico por direito próprio que a Taylor’s tem o orgulho de partilhar com amantes do vinho e colecionadores de vinhos raros.” E acrescenta: “Provar este vinho é uma experiência única na vida.”

Ao longo dos anos, a empresa lançou uma série de edições limitadas de vinhos do Porto muito valiosos e antigos. Estas incluem o muito raro Taylor’s SCION de 1855 e o Taylor’s Single Harvest 1863, um dos últimos vinhos pré-Phylloxera a serem comercializados. O Single Harvest 1896 é o mais recente desses raros lançamentos de vinhos do século XIX.

O Taylor’s Single Harvest Tawny 1896 será apresentado num decantador personalizado de cristal escocês, numa luxuosa e muito elegante caixa de madeira de cerejeira. Será oferecido em alocação para colecionadores e conhecedores de vinhos raros em todo o mundo.

Cada embalagem contém um certificado personalizado e assinado pelo diretor-geral da Taylor’s, Adrian Bridge.

Foram produzidas 1 700 unidades que vão estar disponíveis em lojas da especialidade em Maio pelo preço de 4800€.

Nota de prova

Núcleo cor de mogno com reflexos em verde azeitona no bordo. A qualidade mágica deste vinho é única, difícil de comparar mesmo com os poucos vinhos de idade semelhante que sobreviveram até aos dias de hoje. A sua profundidade e densidade são surpreendentes, mesmo tendo em conta a concentração do vinho ao longo de um século e um quarto de envelhecimento em madeira. No início, um perfume rico e sedutor de café preto e alcaçuz toma o centro do palco, mas de imediato emergem uma série de outros aromas e nuances, criando uma intrincada teia de aromas complexos. Notas de cedro serrado mesclam-se com notas de pétala de rosa seca, erva-doce e eucalipto. Apontamentos de pimenta preta e baunilha adicionam uma dimensão picante quente. Na boca o vinho é denso, redondo e aveludado com um volume e uma concentração impressionantes, a doçura é equilibrada por uma acidez fresca. Sabores suaves de café e caramelo combinam com notas vibrantes de casca de laranja e frutas cítricas. Os sabores densos e maduros permanecem num fim de boca interminável.

Website : Taylor’s

Website : Taylor’s Single Harvest Tawny 1896